Seguidores

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

O direito à educação



O caminho para um futuro melhor e uma nação mais justa passa pela educação. Muitos têm o discurso, mas são poucos que tem a ação. A educação é um direito universal, mas no Paquistão este direito é violado, lá as meninas são proibidas de estudarem. Essa injustiça é promovida pelo Talibã que significa estudante. Quanta ironia! Hoje é dia do professor mas irei falar de duas estudantes:

Malala Yousafzai é uma menina que ousou levantar sua voz contra o regime e lutar pelo direito à educação. Ela é a inspiração de muitas meninas para voltarem a estudar, uma verdadeira líder.

Viu sua e outras escolas serem destruídas, os livros queimados e sua vida ameaçada. Nesta semana ela sofreu um atentado: Um militante do Talibã invadiu o ônibus escolar e efetuou disparos contar a adolescente. Malala está entre a vida e a morte.

Oremos...

Enquanto isso no Brasil... Temos a menina Isadora Faber que reivindica melhores condições de estudo denunciando algumas situações vivenciadas na sua escola. Chegou a ser pressionada pela direção e professores.

As heroínas Malala e Isadora com 12 anos (não estou certo), já aprederam a lição: A educação é um direito de toda criança; reivindicar é exercer a cidadania.

 
“Eduque a criança no caminho que deve seguir, a até quando envelhecer não se desviará dele” (Provérvios 22:6)

2 comentários:

  1. Um príncipe dos EAU enviou uma avião para resgatar a garota paquistanesa e enviá-la até a Inglaterra onde ficará longe dos doidos do taleban.

    ResponderExcluir
  2. E o melhor... terá direito à educação

    ResponderExcluir

Sua participação é sempre valiosa.