Seguidores

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

O que penso do JovemCCB



'Sou auxiliar de jovens e organista há 9 anos. Às vezes me sinto deslocada da mocidade. Não são as mesmas ideias e pensamentos. Fico triste quando ouço os assuntos da galera; nada de estudo, trabalho, ou futuro... apenas futilidades. No auge dos meus 26 anos, considerando que na minha reunião mocinhos e mocinhas são maioria absoluta, já me sinto velha. Estudei, me graduei, trabalho e sou, de certa forma, independente, apesar de morar com minha mãe. Sou considerada uma “crente moderninha” não por vaidades, mas por pensamento e visão crítica das coisas.  Mas quando faço algum questionamento sou chamada de “cri-cri”.

Já chorei lendo suas postagens e reflexões. Seus textos são sim criativos, tanto o título quanto o conteúdo, eles se expressam e conversam entre si; linguagem acessível, às vezes engraçada. A leitura não é cansativa, boa estrutura, sempre as mesmas cores para os tipos de texto, seja um trecho da Bíblia, seja seu parecer, isso ajuda muito a compreensão. Destaco como diferencial as imagens, que não têm aquela cara de mesmice, cara de CCB (rsrsrs), são super diferentes, impactantes até. Gosto quando indica alguém, por exemplo a Kézia Lobo, eu fiquei super emocionada de encontrar uma moça da CCB que tenha escrito um livro, de fantasia ainda, meu gênero preferido. Nem vou te contar que estou lendo o Coração de Salatiel... :) E também a menina de 13 anos, que escreve o blog Cantinho da Menina Cristã. Gosto muito dos livros, aliás trabalho numa Biblioteca, tenho um bloguinho também, e incentivo meus amigos ao hábito da leitura. Quanto aos vídeos, não sei se é meu computador, mas nunca consigo vê-los até o fim, pois não carrega todo.

Acredito sim que seus objetivos estão sendo alcançados, pelo menos respondo por mim... Temas atuais, sempre com embasamento bíblico e o que é melhor, você nunca fala para a pessoa tomar tal atitude, sempre faz com que ela pense, reflita, busque a Palavra ou converse com seu ministério, isso é muito importante, pois te isenta de qualquer responsabilidade. Não considero vulgar o linguajar quando se trata de sexo, mas friso, digo por mim, não sei o que as outras pessoas pensam, principalmente as mais tradicionais, pensando bem, até sei... mas aí é outra história.

Curto seu estilo, gosto de ler o que e como você escreve. Hoje já não sei como cheguei ao seu blog, mas digo que o leio e releio sempre, até as postagens passadas. Gostaria que a minha mocidade pudesse ler, mas uns não tem acesso à internet, outros só ficam nas redes sociais, e outros não curtem blogs, nem sabe o que são. Já mostrei pra uma amiga minha, também “moderninha” mas ainda não conversamos sobre os textos.

Bom, é isso o que penso do JovemCCB e espero sempre contar com as postagens desse que está na minha lista de blogs favoritos.

A Paz de Deus!

Paloma'
www.livrosestrelas.blogspot.com.br

35 comentários:

  1. Graças dou a Deus pela vida do irmão Ricardo, seus textos são sempre claros e muito bem embasado.

    Que o autor nunca deixe de granjear o seu talento... foi Deus quem te deu!

    ResponderExcluir
  2. Quanta puxação de saco :s

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro(a) Anônimo(a), a paz de Deus, por Jesus Cristo, seja em teu coração!

      Diz a palavra de Deus: "Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco" 1° Tessalonicenses 5:18

      O que para você pode parecer "puxação de saco" para os cristãos de verdade é uma constante e um ato singelo, o crente deve ter e expressar sua gratidão por tudo, pela sua vida transformada, por Cristo que deu sua vida sobre a cruz em nosso lugar, pelas bençãos, pelas tristezas, pelo passado, pelo futuro, pelo céu azul, pela rosa vermelha e seus espinhos, a oração respondida e a esperança que nunca falha... e também por todo aquele que na igreja, na rua, no ônibus, na escola, no trabalho, em todo lugar, inclusive internet, levam a Palavra de Deus, por isso, louvado seja a Deus pela vida do nosso irmão Ricardo (pela sua também).

      Fraterno abraço!

      Mario

      Excluir
    2. outro irmão! mas pra mim é puxação de saco. Não vejo essa pompa toda no irmão. conheço exemplos bem melhores.

      Excluir
    3. Os tais nem gostariam de ser citados, irmã. Pois não têm vaidade e sabem que toda glória pertence à Deus. Além do mais, vc não os conhece.

      Excluir
    4. Concordo, mas seria bom, de grande valia, que conhecesse-mos esses outros exemplos, pois nunca é demais ouvir um conselho, ou opinião de alguém mais sábio do que nós. Enfim, você ainda nem se expressou referente ao que você pensa, ao dizer que babo ovo no blog. Assim é fácil né? Fundamente sua opinião! Em nenhum momento engrandeci algo ou alguém aqui, e outra, é comum na blogsfera o autor do blog pedir a opinião de seus leitores sobre o nesmo. Sempre vi aqui: "Busque a Palavra e tenha de Deus a luz" e não "Faça o que eu mando".

      Excluir
    5. Você está certa, Paloma. Não é por não concordar com você que tenho o direito de atribuir críticas à sua opinião ou à este blog. Falei, ou melhor, escrevi demais. Temos direito sim de defender nossas ideais, sem entretanto, ferir as ideias e sentimentos do outro. Afinal, como disse Voltaire: "Não concordo com uma só palavra do que dizes mas defenderei até a morte o teu direito de dizê-lo"
      Perdoe-me.

      ApdDeus no coração!

      Excluir
  3. É Sr.Anônimo,

    Alem de invejoso, não tem coragem de se identificar.

    Ricardo,

    Parabéns pelo Blog!

    Que Deus continue te abençoando!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se fosse escolher um objeto de inveja, escolheria algo bem melhor, tenha ctz!

      Excluir
    2. A PAZ DE DEUS,

      Nossa irmão quanto amor no seu coração, depois vai dar beijinho no rosto dos seus irmãozinhos!

      Pede para os irmão que vc citou acima orar por vc, vc aparenta "estar atribulado".

      Um osculo santo p/ vc!

      Excluir
    3. amem. estou em perfeita paz, irmão. só acho isso babação de ovo, oras. da mesma forma que a irmãzinha que escreveu encheu a bola do blog eu acho o contrário, ué. Liberdade de expressão não é ausência de amor. :)

      Se seu osculo é sincero, o aceito!

      Excluir
  4. Agora não estou mais no anonimato e continuo achando puxação de saco :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É realmente vc se identificou... fulvio?

      Excluir
  5. querido nada contra seu blog. só acho que ele deveria se chamar jovem anti-ccb kkk Pois pelo que vi em seus textos vc e os membros daqui fazem de tudo pra provar que tudo na ccb é errado. sua opinião é sua e nao me interessa muda-la. acho apenas que a imagem do blog não tá em sintonia com o q ele é na realidade. Jovem Anti-CCB. Bem mais coerente..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pricila, você está totalemente erra.
      Estava na beira de parar de congregar, foi quando encontrei esse blog, e me firmei na doutrina.

      Leia mais , talvez você mude sua forma depensar.

      apdDeus

      Excluir
  6. Com 26 anos vc se acha velha? Se tivesse mais de 30 como eu então. Olha tenho mais de 30 mas não me acho velho, to nem ai pra quem tem menos.

    ResponderExcluir
  7. Anti-CCB?!

    Anti-CCB e anti-vida é o que vivemos no seio da igreja, sem nenhum conselho, sem nenhuma ajuda, sem nenhuma aparato. Anciães quando vão da ensinamentos em RM o fazem com deboche. Ah mas tem o que sabe dar conselhos. Tem, e eu conheço vários, mas são minoria. A maioria é despreparada, é infantil. Duvido e muito que os assuntos que chegaram aqui, como homossexualimo, sexo antes do casamento, sexo no casamento, comportamento, se chegassem ao ministério seria tratado com a seriedade que foi.

    Primeiro seria ridicularizado, depois levaria uma reprimenda, e sairia pior que entrou, sem aprender, sem entender, a Bíblia nem teria sido aberta, afinal só contém a Palavra de Deus, vai que escolhe um verso que é Palavra de Deus. E ainda por cima no dia seguinte a igreja toda estaria sabendo, já que nossos anciães, diferente dos padres, não sabem guardar segredo.

    Aqui, pelo contrário, só não aprende quem não quer.

    Participo diariamente das lutas que o Ricardo passa para escrever cada post.

    Seria bom que os críticos do blog refutassem o que o Ricardo escreve, mas refutem com a Bíblia na mão, pois o Ricardo escreve com ela do lado do pc, portanto não venham com insulto baixos como chamar um elogio de puxa-saquismo.

    Puxa-saco aliás, são aqueles que babam diante das besteiras ensinadas pelo ministério. Besteira que tem feito mal a muitos. Não falo da Palavra, se bem que esta também merece julgamento de acordo com Paulo, falo dos ensinamentos, dos conselhos e das reuniões sem preparo para atender assuntos de grande complexidade. Assuntos que tratam da alma.

    Enfim, Ricardo, estou contigo e não abro. Quando quiser estou aqui, pra discordar de você o quanto puder, mas mesmo assim encorajá-lo a escrever.

    Abraço e feliz ano novo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PUXA-SAQUISMO! PUXA-SAQUISMO! PUXA-SAQUISMO!

      Excluir
    2. O teor das resposta dá-nos uma noção da idade.

      Fazer o que a não ser olhar e ver o tamanho de sua ignorância?

      Até Jesus nos advertiu de cegos guiando cegos. Pior que há cegos que amam ser guiados por cegos.

      A estes, o abismo é ponto final.

      Excluir
    3. Irmão Daniel,

      Tenho que concordar que com o comentário acima, o irmão que disse que esse blog é anti-ccb tem razão. E vejo que esse termo pode ser encarado de forma positiva, dependendo do ponto de vista de cada um.

      É fato que 90% (no "chutômetro") das idéias do autor do blog e dos comentaristas divergem completamente da posição predominante dos líderes da CCB e da irmandade em geral.

      Na CCB é idolatria comemorar natal, para o autor do blog e maioria dos comentaristas não há problema algum.

      Na CCB, fornicação e adultério são pecados de morte e sem perdão. Para o autor do blog e maioria dos comentaristas (e incluindo a bíblia) isso é mentira.

      Na CCB, o estudo bíblico é prejudicial e deve ser evitado. Para o autor do blog e maioria dos comentaristas, o estudo bíblico é importante e essencial.

      Na CCB somos proibidos (inclusive por ensinamentos) de participar de bailes e danças. Para o autor do blog e maioria dos comentaristas não há problema algum nisso.

      Na CCB, cantar músicas do mundo e participar de programas de televisão é proibido. Para o autor do blog e maioria dos comentaristas não há problema nisso.

      Na CCB, se temos alguma dúvida, devemos orar e buscar a palavra. Já esse blog, recebe essas dúvidas e tenta explicá-las de acordo com as escrituras.

      E mesmo assim, você acha errado dizer que esse blog é anti-ccb? Ora, a maioria esmagadora das idéias colocadas nesse blog são opostas as idéias predominantes na CCB, por isso acho que esse termo cai como uma luva.

      Aí você pode me dizer, mas não tem oposição aqui, e sim explicações de acordo com a bíblia. Mas na CCB a idéia predominante é que a bíblia é a letra morta. Ou seja, tem muito mais valor quando sai da boca de um ministro da CCB em suas pregações. Fica mais claro ainda com o ponto de doutrina que diz que a bíblia "contem a palavra de Deus". Então não adianta colocar a bíblia do lado do PC, pois o autor do blog não é ministro da CCB e não está pregando a palavra revelada.

      Eu não concordo com essas baboseiras, mas a maioria da irmandade pensa assim.

      Excluir
    4. Você generaliza bastante. Conheço bem a CCB, e bastante irmãos que compõem o ministério. JAMAIS ouvi um irmão dizer que estudar a bíblia é prejudicial e muito menos que ela é morta. Eu não penso assim e muitos irmãos que conheço também não.

      Excluir
  8. AHuahauhu eu to lendo os comentários e rindo.... é fazer o que neh.. acho tão estranho uma pessoa de trinta anos se comportar assim... Bueno mas cada um tem a sua liberdade de expressão.. Mas o objetivo não é falar sobre comentários e sim sobre o post... Então cara jovem eu entendo pelo que você está passando, já fui assim um dia, me sentia deslocada simplesmente por ser mais mente aberta, mais antenada e compreender muito mais sobre Deus e a bíblia do que os jovens que eu conheço... Mas graças a Deus consegui me adaptar... apesar de eu ser sempre a mais critica em tudo... Hoje em dia a unica coisa que ainda realmente me incomoda é ver meninas e meninas que a recém fizeram dezesseis/dezoito anos pensando em casar e casar.. sem se preocupar com estudos e um futuro mais promissor... mas isso já é de cada um e claro quando me perguntam se vou casar um dia ahuahua - mas isso já está nas mãos de Deus!!!
    E quanto ao blog, ele é muito interessante mesmo, até porque coloca as suas explicações com fundamentações bíblicas e isso já é algo muito importante, se vamos falar de assuntos polêmicos e Deus.. tem que te embasamento bíblico com certeza, enfim falei e falei...
    Então to passando aqui pra te desejar um FEliz Ano Novo RIcardo e que DEus te conceda muitas vitórias, muitas bençãos e que ele sempre te guie nos caminhos dele... E que o blog seja sempre isso.... essas loucuras polêmicas onde muitos concordam e discordam, porque se não tivesse isso.. provavelmente não seria tão interessante.
    Ahhh e antes que alguém fale que eu to puxando o saco (ahuahau) só por causa do meu livro, só dizer que antes que o Ricardo conhecer meu livro, Deus já tinha me abençoado bastante em relação a essa parte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kézia,

      Eu retirei um parágrafo inteiro do email da Paloma onde ela compartilha da mesma opinião sobre adolescentes pensar em casamento.

      Muito sucesso para você e a todos.

      Excluir
    2. Prezada Irmã Kezia,

      Permita-me discordar da irmã. Não vejo como uma preocupação tão grande o fato de que na CCB, os jovens querem casar cada vez mais cedo.

      É fato que o despertar da sexualidade nos jovens está acontecendo cada vez mais cedo, afinal na televisão, internet, brincadeiras na escola, músicas, sexo é sempre mencionado. Nossos jovens crescem cantando "ai se eu te pego".

      Vi um ministro da CCB dizendo que tem meninas de 12 anos "brigando" com a mãe porque querem começar a namorar (e não é namoro daqueles que só trocam cartinhas, como era na minha época).

      Então se um moço(a) com 15 ou 16 anos quer namorar, os pais não podem impedir, pois caso o façam, os mesmos namorarão escondidos.

      Agora pergunto, se for esperar terminar a faculdade e ter um bom emprego/carreira para casar, por quanto tempo durará esse namoro? Quantos namorado(a)s os jovens terão? Conseguirão os mesmos namorar por tanto tempo sem ter relação sexual?

      É óbvio, que os casamentos ocorrem cedo demais, por causa de sexo. Ninguem admite isso, mas não vejo outra hipótese. No mundo por exemplo, esse não é um problema, pois jovens namorados podem dormir juntos na casa dos pais, podem viajar sozinhos e então para que pressa em juntar os trapos?

      Eu sempre digo, se quer estudar e construir uma carreira, melhor nem namorar. Espere o tempo certo. Mas como posso eu impor algo assim? Estou eu na pele da pessoa? Alguns a carne suporta esperar até os 30 anos, outro apenas até os 20 anos. Quem sabe?

      Então se eu suporto esperar muito tempo e priorizar a minha carreira/estudo, não posso criticar aquele que não consegue e prefere namorar e casar mais cedo (o mesmo vale para o outro lado da história).

      Entretanto existem outras alternativas. É perfeitamente possível estudar depois de casado, desde que não tenha filhos (e mesmo assim ainda é possível).

      Resumindo, casamentos com pouca idade, são consequências da doutrina que diz que só podemos ter sexo dentro do casamento. Na CCB, sexo fora do casamento é pecado mortal (sem perdão), o que agrava ainda mais essa situação. Já ouvi um pai dizer, que preferia ver o filho em um caixão do que saber que o mesmo "pecou" (adultério/fornicação), pois como o ama muito não queria que o mesmo passasse a eternidade "queimando" no inferno.

      Infelizmente é assim que as coisas funcionam...

      Excluir
    3. Para a CCB fornicar é pecado?

      Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos FORNICADORES, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte." Apocalipse 21:7-8

      ACHEI QUE PRA PALAVRA DE DEUS TAMBÉM FOSSE...

      Excluir
    4. Cara Irmã Angela,

      Fornicar é pecado sim, conforme mostrado neste verso bíblico. O problema é que na CCB dizem que fornicar é pecado de morte, ou seja, não tem perdão (pecou já era).

      Nesse mesmo verso, diz que mentira é pecado e os mentirosos também não entrarão no reino de Deus. Se formos utilizar o mesmo critério, quando um irmão mentir, deveremos dizer que o mesmo pecou de morte e não terá perdão.

      A CCB que diz que fornicar é pecado de morte. Me mostre na bíblia onde isto é dito por favor.

      Fornicar é pecado, mas se houver arrependimento sincero, com certeza haverá perdão, mesmo se a pessoa que pecou já era convertida e batizada.

      E outra, na CCB quando usamos a palavra pecar, há um subentendida fornicação/adultério. Quando dizemos fulano pecou, logo queremos dizer que o mesmo cometeu adultério e/ou fornicação. Ouvi isso a vida inteira.

      Ou seja, se eu cometer estelionato, fraudes, calotes, ser um bêbado, levantar falso testemunho com outras pessoas, humilhar os outros e etc., na linguagem da CCB eu nunca serei chamado de pecador. Serei fraco e errante. Agora para ser considerado um pecador, terei que cometer fornicação e ou adultério.

      Excluir
    5. Samuel... este é o ponto.

      Os outros pecados (estelionato, fraudes, calotes, ser um bêbado, levantar falso testemunho com outras pessoas, humilhar os outros e etc) são "erros".

      Erro não leva a pessoa a se arrepender. Sem arrependimento não há perdão. Não havendo perdão, há MORTE.

      "Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
      E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci: apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade."

      Mateus 7:22,23

      Excluir
    6. Para ser ter uma idéia irmão HP, tem um irmão na minha cidade que inclusive prega (embora não tenha ministério) que uma vez ao saber que uma irmão foi a praia disse a ela que se Deus a recolhesse no momento que estava na praia ela não entraria no céu, reprendendo-a duramente.

      Pois bem, esse irmão recentemente gastou 20 mil reais com propinas e subornos para forjar junto ao INSS uma aposentadoria. Só que está enfrentando problemas pois um advogado está querendo mais 6 mil reais de propina. O engraçado é que ele nem se preocupa de esconder isso e até comenta com os irmãos.

      Ir para praia é pecado que pode tirar nosso direito de entrar no céu (na ótica desse irmão). Agora suborno, proprina e falsidade ideológica é apenas uma falta e/ou fraqueza que com o tempo Deus liberta.

      Infelizmente isso ocorre na CCB e em muitas denominações que se preocupam mais com costumes do que com a doutrina em si.

      Excluir
  9. Naturalmente que fiquei lisonjeado com os elogios de nossa irmã Paloma, mas não foi para exaltá-la - e muito menos me gabar - que publiquei seus comentários. Publiquei mais para um demonstração de resultados, porque tenho me proposto a certos objetivos e pela percepção da leitura vi que foram alcançados.

    PRICILA P, reconheço que o blog - como foi dito no texto - não tem 'cara' de CCB (não tem hinos de fundo, imagens de templo, etc),mas longe de ser anti-CCB. Compartilho que por este canal ou mídia, dois ou três jovens que estavam parados e sem esperança, voltaram a congregar pela graça de Deus.

    OMS@WORDS e FULVIO, sempre que construtivas as críticas serão bem-vindas, somente tolos e ingênuos julgam-nas desnecessárias, e parabéns a todos pelo comportamento cristão que foi demonstrado, mesmo nas opiniões contrárias todos se respeitaram.

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Quando disse que me sinto velha aos 26 anos foi em comparação aos jovens da minha comum, aos que frequentam a minha RJM e as ideias dos tais.

    fulvio - essas discussões são normais e agradeço por ter apreciado e entendido a minha, aliás, as nossas opiniões.

    Encerro aqui minha participação nos comentários desse post.

    ResponderExcluir
  12. parabens minha querida, compreendo o que passa, sempre tive pouquíssimos amigos na ccb, por não conseguir concordar e não entrar nas conversas deles, mesmo tendo sido musico e participativo em todas as atividades. gostaria de ter amigos desse meio mais infelizmente eu não me encaixo. entendo o que vc passa. bem fui mais fraco que vc eu deixai para tudo para lá.

    ResponderExcluir

Sua participação é sempre valiosa.